NÃO AO EXCESSO DE JOGOS 

Na Casa da Esperança, nossas educadoras ensinam aos adolescentes o perigo e as consequências do uso excessivo de vídeo game.

Ainda não existe um consenso na comunidade científica sobre qual seria a melhor forma de prevenir o vício em games, mas há uma crença de que a redução da exposição aos jogos possa ser uma saída.

Isso não significa que as crianças devem ser proibidas de jogar, muito pelo contrário. O que os especialistas sugerem é que haja cautela, isto é, que se imponham limites bem claros para a jogatina.